10 outubro 2022

4 dicas para gerenciar uma equipe em trabalho híbrido

Geral
4 dicas para gerenciar uma equipe em trabalho híbrido

Ter sucesso em uma estrutura de trabalho híbrido foi o caminho adotado por muitas empresas e há meios de tornar essa administração mais efetiva

A pandemia trouxe um novo cenário para diversas empresas e alterou completamente a forma de trabalho. Uma das grandes transformações foi a aceleração da viabilização do trabalho híbrido, uma mudança que estava ocorrendo de forma gradativa. Com o isolamento social, muitas organizações foram obrigadas a antecipar esses planos e colocar a equipe em trabalho totalmente remoto ou híbrido.

Esse novo cenário interferiu diretamente na relação das empresas com os espaços de trabalho. Salas comerciais passaram a ser usadas para apoiar o trabalho híbrido, especialmente na capacitação e no atendimento de clientes. Também são importantes na integração da equipe, com realização de reuniões online e videoconferências.

Fato é que essa migração para o trabalho híbrido trouxe uma nova dinâmica para os escritórios, tanto em relação ao layout quanto aos objetivos no trabalho presencial, conforme abordamos neste artigo.

Em muitos casos, as jornadas não são mais pautadas pelo tempo de trabalho, mas pela entrega e cumprimento de metas e prazos. Isso modifica também a maneira como as empresas e seus líderes vão gerenciar uma equipe em trabalho híbrido.

Veja algumas dicas:

1) Digital é prioridade

Embora gerenciar uma equipe em trabalho híbrido signifique a convivência presencial de forma periódica, as decisões importantes e a cultura de trabalho devem ser prioritariamente remotas. Como não é possível garantir a presença de todas as pessoas em todos os momentos, o foco deve ser no digital.

Com isso em mente, vale ficar atento a:

– Disponibilizar ferramentas que operem de qualquer lugar ou dispositivo;

– Centralizar a comunicação em um local;

– Todas as reuniões devem ter links para participar virtualmente;

Em outras palavras, toda a tomada de decisão deve ser digital por padrão.

2) Foco em resultados

Sim, existem softwares que monitoram o tempo de permanência, o volume de cliques no mouse, entre outros pontos. Mas o gerenciamento de uma equipe em trabalho híbrido pressupõe uma relação de confiança. Ou seja, o foco precisa estar na entrega e não na quantidade de tempo despendida à empresa.

Além disso, o trabalho híbrido significa uma mudança na regra do jogo: as pessoas trabalham onde, como e quando puderem. Se não existe nenhum compromisso ou regra especificando horários de disponibilidade, muitos podem se planejar para trabalhar no período noturno, conciliando questões pessoais.

A empresa precisa abrir mão do controle e focar nos resultados de cada pessoa em prol do bom funcionamento do time.

3) Feedback é essencial

O clima e a percepção do volume de trabalho são situações fáceis de se perceber no trabalho presencial. O mesmo, porém, não é tão claro no ambiente híbrido. Por isso, estabeleça uma rotina para que cada colaborador se posicione diariamente ou semanalmente a respeito de suas demandas, criando uma cultura de valorização e interpretação dos feedbacks.

É justamente este parecer dos colaboradores que vai permitir aos gestores tomarem decisões para cumprir as etapas de um projeto e garantir o funcionamento da equipe em trabalho híbrido.

4) Integração e socialização

Apesar de muitas pessoas renderem mais no home office, é papel da empresa criar situações que promovam a integração e a socialização entre os colaboradores.

Organizar ações em datas específicas, realizar treinamentos e capacitações presenciais, happy hours ou outros encontros vai fazer com que a equipe se sinta unida e cooperativa, mesmo estando remota na maior parte do tempo.

Uma equipe de alta performance

Com o trabalho híbrido, as empresas demandam profissionais cada vez mais atualizados e responsáveis para suportar as demandas. No gerenciamento de uma equipe em trabalho híbrido, pessoas de alta performance unem competência e comprometimento, compartilhando objetivos e missões com foco no cumprimento das metas.

Outros detalhes podem ser ajustados para garantir profissionais de alta performance no trabalho híbrido:

– Incentivo à colaboração

Uma palavra que define as equipes de alta performance é a colaboração. Todos os membros se ajudam independente de suas funções. É seguida à risca a máxima de que “todo mundo tem um pouco a acrescentar”. 

Por isso, além de exercer suas funções, a equipe trabalha também para que todos no final possam ganhar, sobretudo quando o outro colega precisa de uma ajuda. O sentimento é de que cada membro é uma parte do todo. Incentive essa cultura em seu time.

– Comunicação e planejamento devem caminhar juntos

Uma boa comunicação faz toda a diferença para uma equipe conseguir ter o desempenho de alta performance – mantendo todas as informações remotas e em uma comunicação assíncrona (que possa ser acessada a qualquer momento). Dessa forma, os projetos vão caminhar do modo correto. Planejar cada ação e executá-la no momento certo vai garantir resultados dentro do prazo.

– Autogerenciamento com foco nos resultados

Colaboradores devem ser autogerenciáveis em uma equipe em trabalho híbrido. Cada um deve saber quais suas funções e tarefas que devem ser executadas. Quando cada membro conhece suas responsabilidades e trabalha nelas, economiza tempo ao se autogerenciar, garantindo a fluidez.

Não é simples gerenciar uma equipe em trabalho híbrido, mas também não precisa se tornar uma tormenta. Para muitos gestores, trata-se de um processo de adaptação para uma nova realidade do mercado que veio para ficar, de acordo com uma pesquisa realizada pela PwC.

Sua organização está buscando um ambiente físico em Curitiba para melhorar os resultados do trabalho híbrido? Conheça os empreendimentos da Víncere Locações e seus espaços disponíveis para aluguel nos links abaixo.

World Business

Neo Corporate

JG1698

Posts Relacionados

Por que locar em um strip mall?
19 fevereiro 2024

Por que locar em um strip mall?

Listamos, abaixo, 6 benefícios que explicam os motivos para tomar esta decisão: baixa concorrência, facilidade de compra, visibilidade e...

LEIA MAIS Seta
O que é comércio de vizinhança?
12 fevereiro 2024

O que é comércio de vizinhança?

Locais são os queridinhos de quem não tem muito tempo e prioriza a praticidade no dia a dia Os...

LEIA MAIS Seta
A importância da curadoria para um strip mall
05 fevereiro 2024

A importância da curadoria para um strip mall

Mix de lojas e serviços é fundamental para garantir o sucesso deste empreendimento, que mescla o melhor das lojas...

LEIA MAIS Seta

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes, de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você estará de acordo com as condições.